Projeto da FIEB introduz crianças no mundo dos esportes desde cedo
14/06/2017 - 11h47

União de esporte e recreação exercita crianças física, emocional e cognitivamente

A bola rola, a rede balança, a quadra ecoa os gritos de comemoração. Praticar esporte é assim mesmo: uma mistura de suor e gargalhada. É lá, na quadra, que se sente na pele o valor de fazer parte de uma equipe ou como a disciplina e o respeito se materializam em atos, dentre outros ganhos que a atividade esportiva ensina como ninguém.

As emoções e as lições do esporte fazem parte da vida das crianças desde tenra idade na quadra da EEFMT Profª. Maria Theodora Pedreira de Freitas, mantida pela Fundação Instituto de Educação de Barueri (FIEB). O projeto de iniciação esportiva foi criado, justamente, para inseri-los nesse universo e, participando, descobrir com quais modalidades se identificam mais.

O projeto, que visa inserir a prática de atividades físicas e esportivas na rotina das crianças desde cedo, acontece no contra período das aulas, acolhe alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental e ocorre duas vezes por semana. O Instrutor Esportivo Maurício José de Oliveira os acompanha desde o começo e explica que a cada aula as crianças surpreendem mais.

“Cada dia é um novo aprendizado, desde uma simples conversa até um exercício que eles mesmos sugerem”, exemplifica. Segundo Maurício, o objetivo é esse mesmo: trabalhar o companheirismo e, acima de tudo, o respeito ao próximo.

“As aulas consistem na iniciação e aprendizagem esportiva. Trabalhamos desde a recreação e as brincadeiras até as iniciações dos esportes de quadra, como futsal, basquete, handebol e vôlei”, explica o Instrutor. 

Diversão e retidão

Além dos aspectos físicos e da própria diversão, já que brincar é um direito de toda criança e a escola defende isso, ter atitudes corretas e a retidão de caráter fazem parte das lições ensinadas durante as aulas. Esses princípios norteiam todo o apoio que a FIEB dedica ao ensino e à prática de esportes, conforme afirma o Superintendente Luiz Antonio Ribeiro.

“Esporte é vida, é energia, é exercício físico e mental, e é por isso que nós fazemos questão de investir em projetos como esse, ainda mais porque oferece essa preparação desde cedo às nossas crianças”, diz o Superintendente.

Para Laércio Sampaio, pai do aluno Nícolas, que participa das aulas, as melhorias no desenvolvimento do filho são notáveis. “A gente incentiva bastante, ele fica muito ansioso para ir às aulas. Ajuda em tudo”, afirma. O pai até agradece a escola por oferecer tais opções aos alunos, já que o serviço é permanente e totalmente gratuito.

Anielle Dart Alves Cavalcante, mãe do aluno Matheus, hoje no 5º ano e na iniciação esportiva desde o 2º, também conta que o filho adora as aulas. “A Prática do esporte o ajuda a desenvolver a disciplina e a independência”, ressalta ela.

As aulas de iniciação esportiva têm o objetivo de promover uma prática saudável e tranquila. Elas trabalham a coordenação motora, mas também habilidades humanas, culturais, sociais, cognitivas e afetivas. Para tanto, são consideradas a idade e o grau de maturidade de cada aluno para direcioná-lo na modalidade que mais irá desenvolvê-lo, respeitando sua fase.

Os estudantes da Escola Maria Theodora interessados no serviço podem procurar a Coordenadoria de Esportes da FIEB, em Alphaville, a partir do segundo semestre de 2017, quando abrirão novas vagas.