No Setembro Amarelo, FIEB reforça ações para prevenção ao suicídio
02/10/2018 - 11h27

Fundação promoveu palestras com docentes em suas unidades e contou com iniciativa dos próprios alunos na campanha mundial

20181002_setembroamarelo_site

Engajada na campanha “Setembro Amarelo”, a FIEB promoveu no decorrer do último mês, ações que visaram a prevenção ao suicídio. Foram atividades envolvendo professores coordenadores, inspetores, orientadores, diretores e alunos. Para os docentes, o foco ficou por conta das palestras dos profissionais do Centro de Atenção Psicossocial da Infância e Adolescência (CAPSI) de Barueri entre 17 a 28 de setembro.

Nas unidades, a psicóloga Virginia Torrecillas, coordenadora técnica do CAPSI, apresentou a definição e os objetivos da campanha e destacou a necessidade de empatia por parte dos educadores. Segundo ela, o diálogo sobre o suicídio não encoraja o ato e que é um tratamento que leva certo tempo para se chegar aos resultados. “No mundo psíquico, leva certo tempo”, alertou.

Para a psicóloga, a escolha das palestras junto aos profissionais da Educação foi essencial para que todos possam ser agentes multiplicadores. “O adolescente passa pela escola e, num determinado momento, ele sai da escola. Já o professor, o orientador, a equipe, a tendência é que fiquem na escola. Então, se faço essa ação, estou fazendo uma prevenção hoje, no ano que vem e depois. Não pretendemos parar só com essa ação, mas que seja a primeira de várias, que seja frequente”, garantiu.

Atividades com os alunos
Entre os estudantes, a mobilização contou com participação direta deles mesmos. Nas unidades do Parque Viana e do Jardim Imperial, por exemplo, foram fixados cartazes elaborados pelos alunos com mensagens de alerta e de elevação da autoestima. Também foi promovida apresentações musicais, além da exibição de vídeos com depoimentos com objetivo de sensibilizar a todos. 

Em paralelo, a FIEB reforçou no mês de setembro a parceria com o curso de Psicologia da UNIP para organizar rodas de conversa e plantões psicológicos aos alunos nas suas unidades. Essa ação, que é já é recorrente durante todo o ano, teve uma atenção especial durante a campanha do Setembro Amarelo.

Vida Sublime
Já os alunos da unidade do Jardim Belval tiveram a oportunidade de conferir a peça Teatral "Vida Sublime" em 19 de setembro. O elenco é formado por atores juvenis treinados pelo Satyros e desenvolvido a partir de depoimentos pessoais dos próprios artistas adolescentes, sobre os seus problemas do dia a dia, suas angústias, seus desejos e frustrações. Entre os temas abordados estão a descoberta da sexualidade e das primeiras experiências afetivas, a angústia com o futuro profissional, as dificuldades das relações familiares e a situação do ensino público.