FIEB inaugura sala de recursos multifuncionais
05/05/2017 - 16h40

Um espaço rico não apenas em infraestrutura, mas em significado. Assim pode ser descrita a nova Sala de Recursos Multifuncionais que a Fundação Instituto de Educação de Barueri (FIEB) inaugurou no dia 27 de abril.

O local atende a um direito e também a uma necessidade dos alunos pertencentes ao Atendimento Educacional Especializado (AEE) das escolas mantidas pela FIEB. Trata-se de uma exigência antiga dos pais, que a atual gestão tornou realidade.

“Hoje estamos comemorando mais uma vitória nesse curto período de gestão. Diante de tantas restrições e dificuldades, com criatividade e boa vontade conseguimos atender mais uma necessidade dos professores, dos profissionais de educação, dos profissionais de saúde, dos pais, dos alunos, enfim, da sociedade, para ter esse espaço adequado dentro de uma política inclusiva e um tratamento mais humanizado e digno para os nossos alunos que precisam desse carinho e dessa atenção especial”, declara o Superintendente da FIEB, Luiz Antonio Ribeiro.

A Sala de Recursos Multifuncionais fica na sede da FIEB, em Alphaville. Colorida, interativa e multidisciplinar, está repleta de equipamentos e aparatos que auxiliam no desenvolvimento de alunos com necessidades especiais. Ela é voltada ao atendimento de estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA), com deficiência física, intelectual, visual, auditiva e Altas Habilidades e contribui valiosamente no trabalho de inclusão social que as escolas da FIEB realizam.

Para Débora da Silva Santos, mãe do aluno Lincon Vinícius, de 9 anos, o espaço significa uma vitória. “Desde que nós entramos aqui, na 1ª série, eu e outras mães batalhamos por essa sala. É uma vitória muito grande, os profissionais merecem ter esse espaço, porque são profissionais que trabalham com muito amor, carinho e dedicação. Nada mais justo do que um espaço bonito, amplo, com material bem rico para ajudar não só eles como profissionais, mas também para auxiliar melhor as crianças”, comemora.

O pai do aluno Pedro Henrique,  10 anos, Itamar Maia de Oliveira, também festejou a criação desse novo ambiente. “O espaço aqui ficou muito bom, vai ajudar muito, com certeza. O atendimento é ótimo, a gente só tem a agradecer, cada dia meu filho melhora mais e está se desenvolvendo, está muito bom pra ele”, afirma.

O espaço conta com três professoras especializadas no atendimento a alunos com deficiência, público-alvo da educação especial: Mara Marisa Miotti Oliveira, Marlene Aparecida Sabino e Ana Lúcia Machado. Conforme explica Mara, cada aluno do AEE recebe atendimento individualizado e personalizado em um ou dois encontros semanais, sempre no contra período de aula, totalizando 100 minutos.

“Vindo pra cá eles têm um atendimento individual, onde a professora do AEE vai passar atividades e desafios baseadas na síndrome, no transtorno ou na deficiência que eles têm,  seguindo um plano de trabalho, pra gente tentar atingir até o final do ano o que se espera deles. Isso pode estar voltado à aprendizagem, à vida diária, noções de higiene, de comportamento ou, especificamente, à alfabetização”, detalha Mara.

Inauguração

A Sala de Recursos Multifuncionais era algo tão sonhado que sua inauguração não poderia passar em branco. A Coordenadoria Técnica de Gestão em Saúde Escolar da FIEB, que agora passa a ser responsável também pela Educação Especial da Fundação, organizou um coffee break e uma breve apresentação do que representa a importância dessa sala aos envolvidos, no qual compareceram mais de 70 pessoas. Os alunos com deficiência que farão uso do local e seus pais foram convidados de honra.

Na ocasião, a Coordenadora da Saúde Escolar da FIEB, Valéria Campinas Braunstein, falou sobre a importância do recurso, a dedicação dos profissionais e apresentou o departamento, expondo seus objetivos e missão. Além disso, também agradeceu ao apoio da Superintendência, da Diretoria de Gestão das Unidades Escolares, na pessoa de Claudia Zanelato, e dos demais setores envolvidos, dos pais, extremamente comprometidos, órgãos da Prefeitura como a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SDPD) e da equipe. Além do AEE, integram a Saúde FIEB a psicopedagogia, a fonoaudiologia, a enfermagem, a psicologia e a odontologia, que atuam em todas as unidades da Fundação.

“Eu quero muito que essa sala seja referência. Eu quero e os profissionais que trabalham conosco também querem, os pais também querem, então não tem como não dar certo”, discursou Valéria, que completou: “Os desafios não vêm de mim, vieram das professoras no nosso primeiro contato, na reunião de pais, onde eu perguntei aos pais o que é que eles queriam, no que é que eu poderia ajudar. O desafio está aqui, em cima do que eles queriam”.

Fez questão de comparecer ao evento o Secretário da SDPD de Barueri, Carlos Roberto da Silva, o professor Carlinhos, que enfatizou o quanto a integração entre as Secretarias Municipais e a FIEB é valiosa para as ações em prol do cidadão.

“O objetivo da SDPD é fazer com que as pessoas ganhem autonomia, não sejam tratadas como coitadinhas. Uma sala desse nível faz com que elas comecem a ganhar conhecimento e se tornem pessoas autônomas, que não dependam de benefícios, que possam ir para o mercado de trabalho ou que conquistem novos mundos. Essa iniciativa da FIEB só vem a colaborar com essas questões”, destacou.

Vídeos com depoimentos de pais, alunos e membros da equipe fecharam as apresentações. Além de Valéria e das professoras do AEE, foram chamadas à frente a equipe da Saúde Escolar da FIEB, composta pela pedagoga Aiquinis Enelize, a psicóloga Flávia de Souza e a assessora administrativa Silvia Coelho.