CPV inicia ano letivo com aula inaugural
20/02/2018 - 15h07

Atividade contou com palestra do professor Valther Maestro sobre os desafios dos estudantes, além dos conselhos do superintendente da FIEB, Luiz Antonio Ribeiro

Com o início do ano letivo, alunos já se preparam para o desafio de conquistar uma vaga em universidades públicas renomadas. Para esses estudantes, a Fundação Instituto de Educação de Barueri (FIEB) disponibiliza gratuitamente o Curso Preparatório para Vestibulares (CPV), cuja aula inaugural de 2018 aconteceu na noite de segunda-feira (19). 

Para este ano, foram matriculados 635 alunos, sendo que 320 participam do chamado “intensivão” de sábado, e outros 315 durante a semana. Na aula inaugural, o superintendente da entidade, Luiz Antonio Ribeiro deu as boas-vindas aos novos participantes. Já o professor Valther Maestro foi o convidado especial da noite para palestrar sobre “Os desafios dos estudantes do século XXI e o mundo profissional”. 

A conversa ocorreu na quadra da unidade Maria Theodora, sede do CPV. Na ocasião, também foram apresentados os 18 professores que vão ministrar no curso, assim como a infraestrutura da instituição. 

Em sua fala, o superintendente pediu empenho. “Aproveitem nosso curso, não faltem, venham e aproveitem, pois temos os melhores professores para vocês. Todos os cursos preparatórios gostariam de tê-los, mas esse privilégio será nosso e vamos oferecer o melhor para ver todos formados. Esperamos que aproveitem e que a trajetória de vocês seja de sucesso”, disse. 

Com uma palestra bem-humorada, o professor Valther Maestro listou alguns dos desafios que os alunos terão pela frente e sugeriu cautela na escolha dos cursos de nível superior. Em outra dica, Maestro alertou que o mercado de trabalho pode não comportar tamanha demanda oferecido pelas faculdades, portanto, os futuros universitários devem ficar antenados nas tendências do mercado e acadêmicas. 

Por fim, ele sugeriu também que os presentes focassem em ingressar em uma instituição de primeira linha. “Se quiserem focar nas suas vidas, foquem no melhor, e a primeira coisa é nas universidades de primeira linha”, aconselhou.