Auditório da unidade Maria Theodora recebe nome da professora Martha Sciorilli
06/04/2018 - 15h55

Professora lecionou na unidade de Alphaville por mais de 21 anos e além de marcar a vida de familiares, também foi muito querida entre seus colegas de trabalho e alunos

20180406_homenagem_site

 A partir de agora, o auditório da unidade Maria Theodora da FIEB passa a se chamar Auditório Professora Martha Sciorilli de Almeida. A carinhosa homenagem foi uma proposta apresentada dois anos atrás para a educadora que atuou na mesma escola entre fevereiro de 1995 a outubro de 2016, quando veio a falecer. A cerimônia de batismo da sala foi marcada pela comoção na tarde de quarta-feira, 04 de abril, e atraiu amigos, familiares e admiradores de Martha. 

Amiga pessoal da professora, a gestora escolar administrativa da unidade, Patty Karin, comentou que aquele era um momento de muita emoção para todos os que conviveram com Martha. “Até hoje sentimos sua presença. É unânime o quanto ela fez a diferença na nossa escola, seja para os alunos ou para os colegas professores. A Martha foi muito importante e continuará sendo. Seu nome vai iluminar ainda mais nosso auditório”, salientou. 

Foi também a oportunidade para que a irmã Marlen Sciorilli pudesse contar alguns detalhes do cotidiano da ente querida. Ela também agradeceu pela homenagem e reforçou que a escola era a vida da irmã. “Ela dedicou boa parte da vida dela a ensinar, sempre de forma bem-humorada e fazendo com que os alunos gostassem da matéria”, revelou. 

Vítima de um câncer, o que não faltou para Martha em vida foi o apoio e o carinho dos amigos. Uma delas foi a doutora Regina Mesquita, atual secretária municipal de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri, que também estava presente no evento e foi convidada para desferir algumas palavras. “Ela era uma pessoa excepcional. A gente passou esse momento junto lutando e nunca desanimando. Essa homenagem fica no nosso coração e faz vocês ficarem mais fortes, esse era o exemplo da mãe de vocês. Com o tempo, algumas homenagens caem no esquecimento, mas não nos nossos corações”, discursou. 

Em sua carreira na unidade Maria Theodora, além de lecionar Matemática, também foi coordenadora de área.